Share
Lesionada, Marta é cortada da seleção e não jogará torneio amistoso em São Paulo

Lesionada, Marta é cortada da seleção e não jogará torneio amistoso em São Paulo

Agência Estado – Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A CBF anunciou na tarde desta segunda-feira que a atacante Marta foi desconvocada da seleção brasileira que disputará um torneio amistoso nesta semana, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, que marcará a estreia da técnica sueca Pia Sundhage à frente da equipe nacional.

A entidade confirmou que o corte da principal jogadora do Brasil ocorreu pelo fato de a atleta ter sofrido no último sábado uma lesão na coxa esquerda durante partida do seu time, o Orlando Pride, contra o Washington Spirit, pela NWSL, mais importante liga feminina de futebol de clubes realizada nos Estados Unidos

“Após o jogo, a atacante foi examinada pelo departamento médico do Orlando Pride. Exames clínicos e de imagem diagnosticaram uma lesão muscular do bíceps femoral da coxa esquerda, grau 2. O Orlando Pride, através do seu Departamento Médico, confirmou a lesão da atleta e comunicou à CBF”, informou o órgão nacional, por meio de nota publicada em seu site oficial.

A CBF também confirmou que a estrela brasileira seguirá nos Estados Unidos para dar continuidade ao seu processo de recuperação e destacou que a “comissão técnica da seleção lamenta a lesão de Marta e sua desconvocação”. A nota oficial, porém, não revela se uma jogadora será chamada para substituir Marta. 

A atacante se tornou a segunda atleta a se tornar baixa do Brasil para esse torneio amistoso em São Paulo. Na noite do último domingo, a CBF já havia anunciado o corte da volante Thaisa, do Real Madrid, por causa de uma lesão muscular na perna esquerda, também de grau 2. Para a vaga da jogadora do clube espanhola, a técnica sueca convocou a meio-campista Aline Milene, da Ferroviária, que já se apresentou para treinar com a equipe nacional no final da tarde desta segunda-feira, em atividade no CT do São Paulo, no bairro da Barra Funda.

Essa competição amistosa na capital paulista vai marcar o início da trajetória de Pia Sundhage na seleção. Substituta de Osvaldo Alvarez, o Vadão, demitido um mês após a participação do Brasil no Mundial realizado na França, a sueca fará a sua estreia nesta quinta-feira, às 21h30, no Pacaembu, quando a seleção enfrentará a Argentina. Antes disso, às 19h, Costa Rica e Chile medirão forças no mesmo local no confronto que abre o torneio.

As duas seleções que vencerem estas partidas vão se classificar para a final, que ocorrerá no domingo, às 13 horas, pouco depois da disputa do terceiro lugar, que começará a ser realizada às 10h30 e reunirá os dois perdedores desta quinta-feira.

Deixe seu Comentário